Imigrando para o Québec

Salut, salut! Já separou seu hot-dog com muito purê, batata palha e tudo mais que você gosta? Show! Então vamos lá…

Como este será o primeiro post de nossa página, vamos falar um pouco sobre o assunto que mais interessa: IMIGRAÇÃO!
Vamos a isso…

Gostaríamos de lembrar à você, leitor, que focaremos no processo de imigração do Québec. Você deve se perguntar o por quê, mas a resposta é bem simples: é o processo que conhecemos e é por onde passamos a maior parte do sofrimento tempo. Portanto, é muito importante ter em mente que as informações sobre imigração para outra província do Canada ou o próprio processo federal pode ser completamente diferente e não há como se basear para estes outros processos.

Existem 2 tipos de processos principais para nós, meros mortais e que não temos entre CAD $100.000 e CAD $1.600.000. São eles:

Falaremos sobre o PEQ em um outro post. Dessa vez vamos no de Trabalhador qualificado.

O processo de imigração em si possui 3 momentos básicos: verificação de perfil, DCS (Demanda de Certificado de Seleção) e a solicitação do Residente Permanente.
A verificação do perfil é aquele momento em que você já descobriu o processo de imigração e agora quer saber se você tem pontos suficientes para fazer uma solicitação de imigração. Como nós somos muito legais, você pode usar esta planilha Excel que está no Google Drive. Basta fazer o download, abri-la no Excel (não funciona com o Google Docs nem no smartphone) e preenche-la com os dados corretos referentes ao seu perfil e ela dará sua pontuação. Com ela você também poderá dar aquela sacada nos itens que podem melhorar sua pontuação.

Na questão pontuação existem alguns pontos bem importantes e que vemos todos os dias o questionamento em grupos, blogs, facebook, cartinhas, bilhetinhos, folhetos colados em postes, etc. Veja abaixo se é uma das suas dúvidas:

  • Você precisa ter a pontuação mínima de 49 pontos para solteiro (com ou sem filhos) e 57 pontos para casal (com ou sem filhos);
  • Os únicos itens ELIMINATÓRIOS neste processo (indeferente da sua pontuação) são:
    • Não ter no mínimo o ensino médio completo e;
    • Não preencher e assinar o formulário de autonomia financeira.
  • O idioma francês e/ou inglês NÃO SÃO OBRIGATÓRIOS!!!!!!
    • Pois é! Se alguém te disse que é obrigatório e você perdeu a chance de fazer sua demanda… Je suis désolé pour toi!
      O que é obrigatório é a apresentação de uma certificação de francês e/ou o IELTS, para inglês, para poder pontuar. Assim sendo, se você tem pontuação mínima suficiente (como citado acima), mas não tem nenhuma das certificações, você não está eliminado e nem é obrigatório sua apresentação, mas você recebe zero pontos nesse quesito.
  • Não devemos confundir NÍVEL DE FORMAÇÃO/ESCOLARIDADE com DOMÍNIO DE FORMAÇÃO.
    • Sim, tem muita gente que faz confusão nesse ponto. Explicando em míudos:
      • Nível de formação é até onde estudou. Ex: Ensino médio, técnico, tecnólogo, bacharel, mestrado, doutorado, etc;
      • Domínio de formação serve para dar pontos extras conforme a necessidade de mercado atualmente no Québec. Ex: TI, enfermagem, administração, contabilidade e por aí vai.
    • ATENÇÃO: no Québec não há uma equivalência para pós-graduações lato-sensu, apenas strictu-sensu (mestrado e doutorado).

Agora que já sabe sua pontuação, você terá que verificar todos os documentos necessários para envia-los na sua demanda. Um detalhe importante: todos os documentos que não estejam nem em inglês e nem em francês DEVEM ser traduzidos e a tradução DEVE ser JURAMENTADA. #fikdik

immigrer-ou-c3a9tudier-au-canada-immigration-quc3a9bec-dc3a9lais-traitement-dossiers-e28093-aoc3bbt-2015-01Uau! Você é um aspirante a imigração super determinado, tem pontuação mínima, separou e traduziu toda a documentação e agora é só mandar tudo numa pastinha e começar a fazer as malas! Daqui 1 mês já está morando no único lugar que usa a palavra “frette” no francês para dizer que está frio pra c@r#!h0.

Então, veja bem! Você está pronto para fazer a demanda do CSQ (Certificado de Seleção do Québec). Este documento não dará o direito de morar no Canada e nem no Québec. Ele apenas diz que você passou pelo processo provincial e foi selecionado como potencial imigrante. Ou seja, ainda falta a solicitação do Residente Permanente.
Neste passo você descobrirá que o buraco é mais embaixo. São mais uns tantos documentos para traduzir, separar e enviar para o governo federal do Canada fazer certas verificações.

Grazadeus são apenas “verificações de rotina”. Eles vão dar aquela olhada na sua ficha de fora da lei criminal e fazer uma solicitação de exames médicos. São exames simples. Raio-X do tórax, exame de sangue e de urina e uma verificação com várias perguntas feitas por um médico designado.
O que eles analisam exatamente? Não sabemos! O que pode eliminar você neste exame médico? Sabemos menos ainda. O que dizem por aí é que vão avaliar o estado de saúde da pessoa evitando que ela traga riscos à população canadense. Eles usam como exemplo a tuberculose ativa, que é uma doença altamente contagiosa e de risco. Fora isso, não dá pra saber.

Depois de tudo isso e uma longa espera, eles irão solicitar o(s) passaporte(s) para carimbar seu lindo e querido visto de RP.

Pronto! Agora pode fazer as malas e preparar pra começar a verdadeira aventura. Porque até aqui… hahahaha… Essa parte é “papaye avec sucre“.

quebec-canada

Ficamos por aqui neste post. Não esqueça de curtir e compartilhar. Aproveite também para convidar seus coleguinhas, aspirantes a imigrantes, pra comer um hot-dog (com muito purê) e nos ajudar a saber quais são as dúvidas, sugestões e críticas para o nosso site.

Aqui todo mundo é bem-vindo!

Anúncios

29 comentários em “Imigrando para o Québec

  1. Boa noite Gianni, adorei seu post! É bem informativo. Mas estou com uma duvida: sou enfermeira tenho bacharelado e trabalho hà 10 anos nessa profissão. Mas tenho mestrado em odontologia. Na contagem de pontos eu posso usar meu mestrado como pontuação de nivel de escolaridade mesmo nao sendo da mesma área da minha profissao e experiencia profissional? Obrigada e abraços!

    Curtir

  2. Olá !! Se puderem me ajudar, sou formada e meu marido tem curso técnico, ambos em profissões de demanda no Quebéc, eu segui sua planilha e somei os pontos o que me fez chegar em 61 pontos no casal sem colocar nenhum conhecimento em idioma. Porém, naquele site oficial eu não sei se preenchi alguma coisa errada…mas, lá aparece que não sou elegível….sabem se já ocorreu isso com alguém?

    Curtir

    1. Olá Juliane.
      Na verdade, o mais importante é a contagem de pontos através da planilha oficial com a pontuação. É ela quem diz se você está apta ou não. O problema é saber se houve má interpretação em uma ou outra parte, como por exemplo o tipo de diploma. Esses as vezes podem gerar confusão.
      Porém, essa planilha, assim como a pontuação atual servem apenas para consulta, uma vez que o Ministério da Imigração (MIDI) já anunciou que haverão mudanças, mas que não serão antes de abril/2017. Estamos no aguardo das novidades.

      Abraços.

      Curtir

  3. Bom dia!
    Dúvida básica, mas que pode comprometer toda a pontuação:
    Bacharel em enfermagem seria formação Universitaire 1er cycle 3 ans ou + ( graduação no Brasil foi em 4 anos) ?
    Somando também domínio de formação Sciences infirmières et nursing (BAC)?
    É uma pergunta simples que vejo dificuldade em encontrar respostas com precisão.

    Curtir

    1. Olá!

      O equivalente é esse mesmo, 1er cycle 3 ans ou + e soma-se os pontos da formação e domínio de formação. O que não se soma são os pontos de várias formações e/ou vários domínios.

      Curtir

  4. Bonjour,
    Minha esposa possui formação em BAC Enfermagem e DEC (Técnico de Enfermagem).
    Na tabela de pontos diz que o máximo de pontos em formação acadêmica são 30 ptos.
    O que quero saber é se devo contar com essas duas formações, pois cada uma tem seus adtivos da lista de domínio de formação, até atingir o limite de 30 ptos. Se fizer as contas dessa forma teria mais de 48 pontos, mas com o teto de 30.
    É isso ?
    Pois, quando faço a simulação no site do Mon Projet Quebec só aceita uma formação.

    Curtir

    1. Olá Bruno.

      Na verdade usa-se sempre a última formação mais alta ou a que dá mais pontos. A pontuação da formação não se soma, apenas o diploma mais o domínio de formação.
      No caso da sua esposa, bacharelado + enfermagem.

      Se tiver dúvidas, utilize a planilha Excel que está neste post para fazer os cálculos. Ela te dará os pontos exatos e você pode, inclusive, testar vários cenários. Só um detalhe: é necessário fazer o download e utilizar o Excel no PC.

      Forte abraço e boa sorte.

      Curtir

  5. Gianni, Parabéns pelo Blog. Só não faz a coisa certa referente ao processo de imigração, quem não quer. Você e suas orientações. Parabéns mesmo…

    Curtir

  6. Ola caro amigo, entrei no seu blog por indicação do pessoal Montreal na Real. Faço parte do grupo de desesperados não conseguiram enviar o dossiê no Mon Projet em Fevereiro/2016. Eu e minha esposa temos um site http://www.rumoaquebec.com.br o qual convido você a visitar, caso seja do seu interesse ver sobre nosso processo.

    Acho que é dever de todo imigrante se informar ao máximo sobre o processo que vai entrar. E seu post é bastante informativo, parabéns pelo seu trabalho.

    Mesmo já conhecendo bastante coisa do processo de trabalhador qualificado, você me surpreendeu com três temas:

    – Para imigrar como empreendedor não é só 1.600.000 mas sim a partir de 100.000 pensei que fosse o contrário;

    – A questão do francês não ser obrigatório, eu também tento vender esta ideia, tanto que tem um post no meu site de como descobri isto no link:
    http://www.rumoaquebec.com.br/2016/02/29/afinal-eu-tenho-que-falar-frances-pra-ser-aceito-pelo-quebec/

    – E o mais incrível! A questão da pontuação. Eu fiz um TCF no ano passado e consegui (mesmo não sendo a realidade) um B2. O resto foi A1 e <A1. Eu achava que a pontuação em francês só era dada se todos os índices alcançasse B2, então desta forma, eu e minha esposa temos 69 pontos ao invés de 64 que achava que tinha.

    Parabéns pelo trabalho e se vemos no Canadá!

    Abraço
    Alex Pereira Mahmud

    Curtir

    1. Olá Alex!

      Que ótimo que mesmo com pessoas que pesquisam muito ainda podemos surpreender com, mesmo que seja, pequenos detalhes. Mesmo a imigração sendo para todos, nem todos podem imigrar. O que posso fizer é que quem imigra de verdade não são aqueles que possuem doutorado, 20 anos de experiência, ótima carreira e muitas economias, mas aquele que pesquisa muito e se planeja mais ainda.

      A imigração é feita para pessoas que passam a amar o país antes mesmo de estar nele de tanto pesquisar. As vezes chega a ser exaustivo todo o processo, mas é nessa exaustão que vemos quem realmente quer viver no Canada e não apenas sair do Brasil.

      Parabéns pelo esforço em pesquisar e, sim, nos veremos em Québec.

      A+

      Curtir

  7. Olá. Parabéns pelo blog. Muito esclarecedor. Infelizmente o link da planilha não funcionou. Existe alguma outra forma de tê-la? Muito obrigado

    Curtir

    1. Olá Naasson,
      Voce pode nos enviar um e-mail em purehotdog@gmail.com com o erro que voce teve? Assim podemos corrigir pra todo mundo.
      Apenas um detalhe: se estiver tentando abri-la direto no Google Docs não irá funcionar. Tente clicando com o botão direito do mouse sobre o link e selecionando a opção “Salvar link como…”.

      E obrigado por nos avisar.

      Curtir

  8. Oi Gianni, td bem?
    Uma duvida que eu tenho é quanto ao teste de proficiencia. Li uma vez que eu posso fazer a aplicação e quanto ao teste de proficiencia, esse seria um item q eu posso alterar mesmo após envio do dossiê. Ou seja, posso tirar uma nota melhor mais a frente e pedir alteração para inclusão desta nova nota.
    Vc sabe se isso realmente procede?

    Obrigada!

    Curtir

    1. Olá Priscila!
      Sim, procede! Porém, temos que ressaltar o seguinte: para entrar com o processo você já precisa possuir a nota mínima SEM o teste de proficiência. Se este for o caso, não tem problema. Você apenas somará mais pontos no seu dossier (o que podemos dizer que não altera o prazo e nem dá prioridade). Se sem o teste você não tem pontuação mínima, você pode até enviar o seu dossier e pagar, mas com certeza será recusado e eles não reembolsam o valor pago.
      Espero que tenha ajudado.

      Curtir

  9. Legal Gianni. Parabéns. Tenho pesquisado há um bom tempo sobre a imigração para o Quebec e realmente está difícil de encontrar respostas para as dúvidas que vão surgindo. E as vezes são dúvidas simples que para quem está com a ideia de fazer o processo sozinho acabam sendo muito importantes. Show.

    Curtir

  10. Gianni! Muito boa a iniciativa!
    Ia te perguntar uma coisa,mas já respondeu para o colega alí em cima! Era sobre qual o melhor momento de traduzir os documentos. Posso deixar para fazer depois que o Mon-Projet me enviar a lista da documentação necessária (90 dias de prazo)?
    A tradução tem uma validade? Tipo, tem esse de ter que ser uma tradução “recente”… sei lá… Viagem minha, muito provavelmente.

    Curtir

    1. Olá Heitor!
      Agradeço desde já a visita e a apreciação, espero que o hot-dog esteja bem cheio de purê! Então, você até pode traduzir nos 90 dias que eles dão de prazo, mas a pergunta é: vale a pena deixar para a última hora? Vale a pena contar com a sorte de não ter imprevistos?
      Uma vez que as traduções não tem uma validade (salvo quando o documento original possui validade, como os antecedentes criminais que podem ter entre 30 à 90 dias e a tradução só é válida com o original), o que vale muito a pena é você traduzir os documentos conforme seu orçamento. Exemplo: traduzir certidões primeiro, depois documentos escolares e depois outros documentos. Isso reduz imensamente seu gasto que seria de uma única vez e dilui o valor nos meses até a data do envio.
      Aguardar para traduzir tudo no prazo de 90 dias após o envio do dossier pode te pegar de calça curta. Um imprevisto no orçamento, a falta de tradutores no período ou a alta demanda, te deixa pouco tempo para pesquisar tradutores com tempo livre e pode até aumentar o valor caso existe uma urgência nas traduções solicitadas.

      Então, o melhor é não deixar pra última hora e quando chegar o prazo do envio, você possa enviar tudo no primeiro dia. Vai que o correio entra em greve e seus documentos ficam lá, parados por 20 dias… 😉

      Boa sorte e bom apetite!

      Curtir

  11. Qual é a melhor forma de iniciar o processo depois que se faz a simulação de pontuação no site do Governo du Quebec? Tudo precisa estar em francês, certo? O meu receio é fazer tudo sozinho em um idioma que eu só sei ler um pouco.. rs.. Recomenda a contratação de alguma consultoria? Parabéns pelo post (rápido e direto)

    Curtir

    1. Olá André! Que bom que gostou do post.
      Atualmente, para iniciar o processo é necessário acompanhar o site de imigração do Québec e ficar de olho na abertura do sistema Mon Projet Québec (fechado para novas inscrições no momento). Não, você pode traduzir tudo para o inglês, mas faça isso quando estiver mais próximo de enviar uma demanda ou após o envio online.
      Quanto a consultorias, não é que não recomendamos, mas o processo é tão bem explicado e claro que não é necessário e pode ser um custo a mais para algo que pode fazer sozinho. 😉

      Esperamos continuar tendo suas visitas por aqui. Não esqueça de curtir nossa página no facebook e compartilhar. Vai nos ajudar a melhorar e tirar a dúvida de mais pessoas.
      Abraços.

      Curtir

      1. Opa! Obrigado pela rápida resposta. É que você sabe como é, quando se tem dois filhos e uma esposa que vai com um inglês básico, não posso cometer erros.. rs. Mas, mesmo com essa situação acho que devemos tentar, pois na sua planilha já pontuamos 68 pontos com um IELTS mediano, então, se eu melhorar, vai passar dos 70. Pelo Express Entry a pontuação fica pouco acima dos 400 pontos, então ir para Montreal pode ser a forma mais rápida e seura de irmos ao Canada (principalmente por ser uma referência em TI no País, o que deve me ajudar a conseguir bons empregos e deixar minha família segura). Enfim, vou trabalhar nesse semestre o inglês para gastar os R$750 do IELTS da melhor maneira possível (hehe). Abraços, e muito sucesso!!!

        Curtir

  12. Muito legal o Blog, acho que é mais dificil encontrar informações sobre Quebec atualmente. Me diz uma coisa, quanto tempo demorou o seu processo e vc imigrou recentemente? Obrigado!

    Curtir

    1. Obrigado Diogo!
      Meu processo foi de 2011 e imigrei em 2013. Em breve vou falar um pouco de como foi o meu processo, mas como ele foi no modelo antigo os prazos sáo completamente diferentes.
      Continue acompanhando nosso blog e não esqueça de curtir nossa página no Facebook (http://fb.com/purehotdog), assim você não fica sempre atualizado.
      Abraços.

      Curtir

      1. Legal! Vou acompanhar sim, espero que os novos prazos sejam mais rapidos, estou estudano Frances intensivo e gostaria de imigrar no maximo em 1 ano. Mas sei que isso pode ser bem dificil, a não ser que eu vá como estudante. Abraço!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s